Esta é a parte que você nunca arrancará de mim.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Quem nunca assistiu anime?


Esses japoneses são difíceis de se escapar. Sempre criando uma forma de consumirmos algo deles, e os mangás/animês não são diferentes. Aliás, há duas formas diferentes de escrita e fala do nome de 'desenho animado' japonês: animê ou anime. Que geralmente são baseados em mangás, ou seja, 'história em quadrinhos' japonesa.
Os mangás tradicionais são escritos de frente para trás e sua leitura é feita do fim da página para começo desta, da direita pra esquerda. Por isso eu demorava para lê-los.
O meu preferido é Dragon Ball (ninguém sabia né?), a saga foi escrita por Akira Toriyama (já citado em postagens anteriores), que estendeu a série de Dragon Ball até Dragon Ball Z segunda temporada, já que o Dragon Ball GT foi produzido por outros autores e produtores (Dragon Ball AF não existe, é apenas um boato de internet, e qualquer história que se diz desta saga é fã-service, ou seja, escrita por fãs ou não).
Mas há outras histórias, de comédia/sensual como Love Hina, de ação como Naruto ou Pokémon, ou que se baseiam em lendas como Dragon Ball ou Ayashi No Ceres. E uma infinidade de categorias ou fora destas com suas infinidades de histórias em mangá.
A principal características de seus desenhos são o realce nos olhos, que expressam as emoções. Também tem cursos de como desenhar mangás, tornando o difícil bem simples.
Há quem prefira ler e quem prefira assistir. Eu prefiro assistir (a preguiçosa) mas é porque acho que as vozes dos personagens, a música de abertura, a imagem dos golpes e todo o resto reservado à animação dão um 'toque de ação' maior que a do mangá, isso na minha opinião, claro.
Os encontros dos fãs dessa mania são os melhores. Acontecem em várias capitais ou cidades grandes do Brasil, como em Fortaleza ou em São Paulo que são bem conhecidos. O mais conhecido é chamado de Anime Friends (o qual acontece em São Paulo), e quem participa gerlamente usa cosplay ('fantasias' que deixam os fãs parecidos com os ídolos japoneses, ou até de produções de animês ou filmes de outros países). Há competições de melhor caracterização, melhor 'atuação' como o personagem, etc, (ainda hei de ir em um AF...) e quem não quiser, o cosplay não é obrigatório, mas ir fantasiado deve ser o melhor do encontro...
Há vários sites que possuem um conteúdo imenso e diversificado sobre os animes, como este que é o site de uma revista que fala sobre... anime! 
O mundo das histórias japonesas não possuem limites, vai do ser humano até o ser da galáxia mais distante.
E sim! Agrada gregos e troianos, ou seria, japoneses e brasileiros?

segue aqui algumas imagens de animes citados:

/dedicado á Miwa, leitora daqui e sei, fã dessa mania.

bonne nuit.

7 comentários:

  1. You're back!
    Acho que todo mundo, uma vez na vida, já gostou de anime/mangá. Eu era fã de Card Captor Sakura, quando era bem pequena. Mas, como a maior parte dos mangás da Clamp, tinha bastante linguagem adolescente: a Tomoyo, por exemplo, era apaixonada pela Sakura; o Toyua era apaixonado pelo Yukito/Yue; e por aí vai.
    Ainda tenho quase todos os mangás da Sakura aqui (perdi o primeiro!) e alguns de A Princesa e o Cavaleiro.
    De qualquer modo... Welcome back, Luana!
    kiss rufen Sie mich an ;]

    ResponderExcluir
  2. opkaskposaopkaskopsa
    eu também adooooooraaaaaava sakura,
    vi até um filme em japonês /sem legendas que tinha ela, mas é outra história, tem outro nome que eu esqueci, mas meu amigo sabe!
    lkopsakopsakoaskopas
    XD
    yes, eu voltei :D

    ResponderExcluir
  3. eeu gosto de Yuri, prefiro assistir, é. OI :D

    ResponderExcluir
  4. meu prefirido do momento é vampire knight guilty *-*

    ResponderExcluir
  5. e quero começar a ver Reborn, falam que é legal. :D *reborn é anime tendência ok*

    ResponderExcluir